DATA

sábado, 20 de junho de 2015

COM JESUS À OUTRA MARGEM

No caminhar desta vida terrestre,
Ou em meio ao mar das contradições,
Navegamos em meio às tempestades,
Nas águas fortes das agitações.
Para a outra margem nós então remamos,
De encontro ao medo que enfrentamos,
E o Senhor acalma nossos corações.

Porque o medo nos vem tão forte?
Porque de Cristo duvidar?
Se ele caminha conosco tão presente,
E a gente vem a se apavorar?
Será porque ainda duvidamos,
Que somente no medo o buscamos?
Se ele conosco sempre está?

E para atravessar esse mar bravio,
E para o outro lado levar o Senhor,
Precisamos vencer a insegurança,
Que nos invade como um terror,
Precisamos também o outro aceitar,
Levando a palavra que vai salvar,
Com a força viva que é o amor.

E no nosso barco do qual estamos,
Outros irmãos estão remando,
Também com medo da tempestade,
Que no dia-a-dia vão enfrentado,
São tantos monstros a insistir,
Querendo a comunhão destruir,
Mas o Senhor está operando.

Então busquemos seguir em frente,
Tendo a certeza do Senhor presente,
Não somente na calmaria,
Mas na tempestade principalmente,
Porque ele quer nosso seguimento,
Em cada dia, em cada momento,
Porque é assim o discípulo crente.

E no hoje da grande embarcação,
Quando impera as contradições,
Quando não se confia mais na providência,
Quando muitos navegam nas ilusões,
Os cristãos precisam firmes seguir,
Com Cristo presente a os unir,
Vencendo o mar das decepções.

sábado, 13 de junho de 2015

A SEMENTE DO REINO

Como semente jogada na terra,
Para que possa germinar,
Assim é Palavra Santa
Que nos vem encontrar.
E em nossos corações,
Causa-nos transformações,
Fazendo-nos levantar.

Mesmo nas noites e dias,
Sem ninguém a perceber,
Vai germinando e crescendo,
Cada dia a aparecer,
Nasce com a força divina,
Fala-nos e nos ensina,
E Reino a florescer.

Palavra semente santa,
Vem pela força do amor,
Transformando tantas vidas,
Tirando a tristeza e dor.
Cresce, cresce sem parar,
Ninguém pode atrapalhar,
A Palavra do Senhor.

Mesmo a nossa demência,
A poderá impedir,
Qual força transformadora,
Que faz o Reino surgir,
Calmamente arrebentando,
Crescendo e transformando,
Ninguém poderá impedir.

Quem poderá entender?
O sentido mais profundo,
Desta palavra Santa,
Que veio habitar o mundo.
Somente na intimidade,
Vivendo a simplicidade,
E num caminhar bem fecundo.

E Reino que se espalhou,
Cresceu e se multiplicou,
E o Verbo encarnado,
Que por nós se apaixonou,
É forte e vitorioso,
Santo e misericordioso,
Que por nós se entregou.

domingo, 7 de junho de 2015

PALAVRA QUE VENCE O MAL

Palavra do Senhor,
Que vem ao nosso encontro,
Vem para nos tirar do mal,
Vem para nos dá um sinal,
Que invade o nosso coração,
Que vem nos fazer irmãos,
Para a vitória final.

Palavra do Senhor,
Que nos faz família Santa,
Contra todas as tentações,
Contra tantas invasões.
Que vence o tentador,
Que nos tira o desamor,
E habita em nossos corações.

Palavra do Senhor,
Que une em vez de dividir,
Que vem nos trazer a vitória,
Que caminha na nossa história,
Que nos faz ficar atentos,
Entre os tantos desalentos,
Purifica nossa memória.

 Palavra do Senhor,
Que nos chama a nos unir
Na sua casa santa,
Que em nossas vidas planta,
Pelo Espírito, a santidade,
O desejo de eternidade,
Que em todos nós encanta.

Palavra do Senhor,
Que nos faz irmãos, irmãs e mães,
Reunidos em torno do Senhor,
Para superarmos o desânimo e a dor.
Para sempre e sempre escutar,
A mensagem que nos vem transformar,
Fazendo-nos seguidores do vivo amor.

sábado, 30 de maio de 2015

UM DEUS COMUNIDADE

Um Deus em três pessoas
Que se faz presente,
Mas que já existia
Na vida da gente.
Caminha na história,
Que nos traz vitória,
E é onipresente.

Um Deus de amor eterno,
Que se faz bondade,
Na misericórdia,
Santa unidade.
Em nós comunhão,
Por nós salvação,
Com fidelidade.

Um Deus mistério eterno,
Que se revelou,
Veio morar conosco,
E não se limitou,
A nossa inteligência,
Eterna ciência,
Que tanto nos amou.

Um Deus eterno e Santo,
Santa Eucaristia,
Mesa santa e farta,
Que não se esvazia,
Que por sua ternura,
Novas criaturas,
Sempre as recria.

Deus comunidade,
Perfeita comunhão,
Que a nós se abriu,
Com a sua ação,
Amou-nos primeiro,
Salvou-nos por inteiros,
E se fez irmão.

Deus, Pai Filho e Espírito.
Pai que nos alerta
Na antiga aliança,
Com a voz dos profetas.
E Filho humano e santo,
Lava nosso pranto,
No Espírito, amor que nos oferta.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

PENTECOSTES 

ELE É O MESMO EM TODO TEMPO


Presente desde o início
Está o santificador,
Nas águas da criação,
Presença viva de amor.
Que conduziu os profetas,
Nas suas lutas e alertas,
Junto ao povo sofredor.

Presente está em Maria
Na sua anunciação,
No promessa do menino,
Que traria a salvação.
Presente também em José
Que fez o caminho a pé
Nos tempos de perseguição.

Presente conduz a Jesus
No batismo e no deserto,
Na caminhada do povo,
Dizendo o caminho certo.
Nos encontros de alegria,
Na vida de cada dia,
Um Deus sempre muito perto.

Presente na ressurreição
Como sopro de alegria,
Vencendo o medo e o desânimo
Que nos discípulos estaria
Fazendo um caminho novo
Junto a multidão do povo,
Igreja que já nascia.

Presente em Pentecostes
Ao mundo, manifestado
Para as diversas culturas
Para o mundo anunciado,
Dom de amor incomparável,
Imenso e insondável,
Deus de amor ilimitado.

Presente em nós cristãos
Com força e santa alegria,
Com inumeráveis dons
Que o caminho nos guia,
Que nos tira da tristeza,
Que nos dá a fortaleza,
Na vida de cada dia.